Tecnologia de Blockchain das Moedas Virtuais Aumenta Competitividade da Energia Solar

Moedas Virtuais, Blockchain e Energia Solar parecem tecnologias bem distantes, ao menos parecia até pouco tempo atrás.

O mercado energia solar foi avaliado em 52 bilhões de dólares em 2018 e está projetado para atingir 223 bilhões em 2026, crescendo a uma taxa anual de 20,5%. 

O crescimento da energia solar traz benefícios para as empresas, mas ainda existem barreiras como a centralização da energia e a dependência das grandes concessionárias e redes de energia elétrica.

Uma solução para descentralizar todo esse sistema já está sendo estudada e aplicada através do uso de uma tecnologia que também está ganhando espaço a cada dia, a Blockchain.

E essa combinação, energia solar e Blockchain, pode ser uma verdadeira revolução energética.

O que são Moedas Virtuais

Se você acompanha as notícias da área da tecnologia e finanças, já deve ter ouvido sobre o termo Bitcoin.

O Bitcoin é uma das moedas virtuais mais famosas, que também são conhecidas como criptomoedas, ou seja, dinheiro virtual movimentado através da internet e gerado em algoritmos, sem interferência de bancos ou órgãos governamentais.

É controlado e distribuído pelos seus desenvolvedores e são usadas para especulação, compra e venda, o que acaba movimentando o seu valor.

As criptomoedas são códigos bastante difíceis de quebrar e esta segurança é possível graças a uma tecnologia conhecida como Blockchain.

O que é Blockchain e onde é usada

O Blockchain é uma cadeia de blocos descentralizados de dados digitais. Cada bloco armazena as informações das transações de compra e venda realizadas.

Esse sistema é como se fosse um livro-razão virtual, que é público e compartilhado, que precisa ter um consenso entre duas partes pela validação sobre uma transação.

Por exemplo, um banco centraliza as transações bancárias. Todas as informações devem passar pelo banco para serem validadas.

No Blockchain, as transações são livres de outros intermediários, como bancos e sistemas de pagamento, sendo considerado um sistema muito seguro.

Toda informação que necessita ser preservada de forma segura pode ser armazenada em Blockchain. 

Além das criptomoedas, outras áreas já estão utilizando a tecnologia: 

– Saúde

– Documentos digitais

– Cartórios

– Serviços de logística

– Energias renováveis

Como a Blockchain pode tornar a Energia Solar mais competitiva

O mundo cresceu e se tornou dependente da energia elétrica e do modelo criado por Thomas Edison em 1882, de onde a energia flui em uma direção única, de geradores centralizados para casas e empresas.

Com o avanço do uso de energias renováveis, os consumidores tornaram-se também produtores de energia, gerenciando seus próprios gastos, consumos e créditos. 

O sistema tradicional mostra-se falho para os desafios desta nova era, com o uso mais frequente de energia renovável.

A tecnologia da Blockchain aos poucos começa a entrar no setor elétrico, para descentralizar o sistema e possibilitar transações de eletricidade, através de trocas financeiras rápidas e confiáveis, que podem incluir comprar e vender eletricidade.

O resultado é uma energia mais barata e acessível para consumidores de todo o mundo, além da maior independência das concessionárias e também das oscilações das tarifas mínimas de energia e das cargas tributárias.

A popularização e democratização do uso da Blockchain para transações de energia elétrica são mudanças necessárias para que a energia solar ocupe o primeiro lugar e contribua para um futuro mais sustentável.

Economize 10-30% na conta de energia

Escolha um plano

Faça sua simulação

Preencha as informações abaixo, e receba uma simulação gratuita!

WhatsApp